domingo, 17 de agosto de 2014

Como prolongar o acto sexual e não perder a vontade depois do orgasmo


Tenho recebido muitas perguntas sobre como contrariar a quebra da libido após o ato sexual e prolongar a vontade e a fantasia durante mais tempo. Tal como a seguir a uma boa refeição vem uma natural perda de apetite, a seguir a um bom orgasmo vem uma perda de vontade. Para os que me perguntam se este efeito pode ser o sintoma de alguma doença ou de um problema qualquer digo-lhes desde já que NÃO. A inércia, a flacidez, a falta de desejo e vontade de continuar e até a sonolência que se seguem são perfeitamente naturais e justificados! Muitas vezes somos induzidos em erro pela ficção do cinema, os comentários exagerados dos amigos ou as histórias que proliferam pela internet e que nos confrontam com realidades absurdas onde homens insaciáveis de apetite voraz e energia sexual homérica têm orgasmos repetidos durante horas sem mostrar sinais de quebra ou fraqueza. O que interessa perceber, sem entrar em pormenores de anatomia ou biologia, é que o orgasmo é normalmente acompanhado por um pequeno esgotamento físico e psicológico, a que os franceses chamam de “la petite mort” (a pequena morte). O que vamos desenvolver mais à frente são formas de minimizar o efeito limitador e castrador deste momento.


A primeira dica é adiar o orgasmo. Esta técnica muito usada no sexo tântrico, é aplicada no cuckold de  forma diferente mas mantendo o mesmo principio, prolongar o ato sexual e tornar o orgasmo mais intenso. Para que resulte é obrigatório conhecer bem o seu parceiro e todos os sinais que transmite durante o sexo. É muito importante  perceber quando o orgasmo está próximo para poder controlar todo o processo. 

Se notar que o seu parceiro está perto de atingir o orgasmo pare abruptamente o que está a fazer. No caso do sexo tântrico o procedimento seria abrandar o ritmo gradualmente, mudar de posição ou passar para uma fase de mimos e caricias. Já no cuckold esta transição é mais abrupta, aproveite para exercer o seu domínio e humilhar o seu marido. Simplesmente pare sem avisar. Pode até misturar um pouco de ironia e pena e fazer alguns comentários humilhantes.

Na dominação feminina o homem é levado até ao limiar do orgasmo várias vezes através da masturbação ou sexo oral. Para tornar a experiência mais intensa e humilhante poderá amarrar as mãos do seu parceiro à cama impossibilitando qualquer tentativa de concretização do orgasmo. Desta forma ficará totalmente nas suas mãos, literalmente!

Cada vez que suspende o orgasmo do seu parceiro está a acumular energia sexual. Ele vai continuar a produzir e a acumular esperma até ficar desesperado por atingir o orgasmo. Irá notar um aumento das secreções e do volume dos testículos.



Neste ponto deverá determinar um momento para que ele possa ejacular. Não deve prolongar durante muito tempo a ejaculação ou adiar para outro dia. Não é saudável bloquear a ejaculação por demasiado tempo! Evite a abstinência sexual em situações de grande erotismo. O esperma produzido tem que ser libertado caso contrário podem surgir problemas de saúde graves.

Este é também o momento em que o seu marido está mais recetivo às suas ordens e pedidos. A sua excitação será de tal forma elevada que dificilmente dirá “não” a qualquer coisa que lhe peça! Aproveite estes momentos para incorporar elementos mais pesados no ato sexual ou na fantasia que de outra forma poderiam causar algum tipo de constrangimento. Aproveite este fase de dormência mental para sondar os limites do seu marido sem receio do que ele possa pensar! 

No entanto ejacular e orgasmo são duas coisas completamente diferentes! Segue a dica número dois. Em inglês o termo usado para o que vou explicar é “ruined orgasms” (orgasmos arruinados) e consiste em provocar a ejaculação sem prazer. Como se faz ? É simples, no preciso momento em que começa a ejaculação interrompe a masturbação ou a forma de estimulo que está a usar. Largue completamente o pénis deixando o esperma sair sem qualquer colaboração da sua parte. O único local que pode tocar são os testículos massajando-os lentamente até que o fluxo de esperma termine completamente. Tal como no processo anterior recomendo que use cordas ou algemas para prender-lhe as mãos pois só assim poderá garantir que tudo corre conforme planeou.

É uma situação cruel e frustrante para o seu parceiro pois embora do ponto de vista físico tenha conseguido libertar o esperma produzido, do ponto de vista emocional não sentiu a libertação da energia sexual acumulada durante todos aqueles orgasmos adiados. Resultado, a vontade e o desejo sexual mantém-se intacto, no entanto, a maioria das vezes, fica flácido de forma permanente ou intermitente, e por isso impotente para alcançar orgasmo novamente.

Nem todas as mulheres conseguem produzir um “ruined orgasm”, muitos homens são mesmo obrigados a recorrer a ajuda externa se quiserem ter esta experiência. Seja por pena, por impulso ou até medo a esposa acaba sempre por masturbar o marido durante a ejaculação. Mas não esqueça a sua posição, é esposa de um cuckold e quer ser uma hotwife.  Se não conseguir arruinar um simples orgasmo como irá conseguir fazer o resto ?

Não mostre pena ou hesitação, pelo menos sem recorrer à ironia, pode até rir-se enquanto o esperma sai lentamente. Se o seu marido ainda mostra alguma intolerância ao esperma este é o momento ideal para o treinar e familiarizar com o seu sabor. Pode recolher algum do esperma com o dedo e passar-lhe pela boca ou até mesmo dar-lhe com uma colher. Não esqueça que embora esteja a ejacular o nível de excitação está no máximo e por isso continua completamente recetivo a tudo o que lhe queira fazer.

A partir deste momento a possibilidade de retirar qualquer tipo de prazer sexual do seu marido é reduzida, mas também não é dele que quer obter prazer sexual, por isso mostre-lhe claramente que a sua flacidez não a incomoda e que até gosta de o ver assim!

Se notar que a ereção não é constante instigue-o a penetra-la, como se estivesse a desafia-lo a fazer algo para o qual ele não está apto para fazer. Se notar que a rigidez está a diminuir humilhe-o dizendo-lhe ironicamente que não é homem suficiente para lhe dar o que precisa e que ainda bem que não depende dele para ter prazer.

Quanto mais o humilhar menor será a sua ereção e mais excitado ficará. Se notar que não está suficientemente recetivo ou motivado, recorra novamente à primeira dica, masturbe-o, mesmo estando flácido, humilhando-o ao mesmo tempo, e quando sentir que está quase a atingir o orgasmo pare. Repita o processo quantas vezes quiser para o deixar no ponto que pretende.

Estas dicas além de prolongarem o ato sexual vão transmitir a ideia de que não precisa do seu marido para ter prazer sexual, não está dependente dele, e que também não se importa se ele sente ou não prazer. Está a passar a mensagem de que qualquer prazer que ele possa ter está nas suas mãos e que é você quem decide se ele pode ou não chegar ao orgasmo.

É importante recordar que a ejaculação será sempre necessária e que nunca deve tapar o orifício impedindo a saída do esperma.














4 comentários:

  1. Olá! Somos um Casal de Santa Catarina, Eu com 28 e ela com 27, iniciantes, há algum tempo lendo sobre relacionamento aberto, estamos dispostos a viver essa experiência. Não somos adeptos a ideia do “corno”, acreditamos que na cumplicidade de um casal o sexo é apenas sexo, pois amamo-nos e somos bem resolvidos. Tenho a fantasia de vela transando com um homem bem dotado, exalta-la, seduzi-la, deixa-la bem à vontade e tranquila seria essencial, pois meu desejo vem do sentido de vê-la em ação, mandando na transa e sendo a dona da situação, o homem estaria ali somente para dar prazer a ela. Buscamos um homem "BEM DOTADO", bonito, atraente, que tenha experiência com iniciantes e esteja disposto a novas aventuras. Ela é linda, gostosa, estilo ninfa novinha, peitinhos de adolescente, uma bundinha apetitosa, uma verdadeira safadinha deliciosa. Aguardamos contatos pelo e-mail casalrrsc@gmail.com. Se possível enviar fotos para ela! Obrigado

    ResponderEliminar
  2. Que desperdício !!!!!! Acho que a mulher deve cair de boca e depois beijar o cara na boca e passar tudinho para ele engolir.

    ResponderEliminar
  3. Isso tudo é muito bom, Eu so ejaculo com orgasmo arruinado, nem sei a ultima vez que tive um orgasmo ,,, e nem quero. So de pensar que o nivel de excitação cai apos , perco a vontade...Cornutto.

    ResponderEliminar
  4. Adoro morde grelhinhos.

    QUERO COMER SUA MULHER (ESPOSA) NA SUA FRENTE

    Adoro meter a minha pica em casadas, noivas ou namoradinhas apertadinhas.

    >>> Eu sou Ricardo do Recanto das Emas, Brasília-DF sou comedor de esposinhas branquelinhas da buceta rosadinha e quero meter minha pica em casadas, grávidas, gringas, noivas, solteiras, viúvas sedentas, mulheres coroas. Adoro comer as esposinhas dos meus amigos na frente deles.

    >>> fudedor.de.esposas.df@hotmail.​com
    >>> (61) 8456-6055 Operadora OI. whatsapp
    >>> (61) 9285-0356 Operadora CLARO.
    >>> BRAZIL Brasília-DF (Recanto das Emas)

    ResponderEliminar